Síntese das mágoas da contemporaneidade

os raios do sol invadem
a janela do teu quarto
quebrando a serenidade
da escuridão
que se desfaz 
nas primeiras horas 
da manhã.

galinhas cantam sobre a terra
ciscando pedras
ciclicamente.

ônibus lotados de melancolia
abrem suas portas
descarregando sua massa
que,
apática,
sofre sem saber porquê.

as mães negam;
desdobram seu medo
nas esquinas das avenidas
governadas pelo tráfego.

e as galinhas terminam o ciclo
defecando seu cotidiano,
mostrando-nos que
não somos tão diferentes assim.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.