Do you remember?

BRT em silêncio. Todo mundo respeitando a dor do outro de começar mais uma segunda-feira num pós-feriadão. A dor de um era a dor do outro, afinal. BRT em silêncio. Eu entro e consigo um assento na parte dianteira do ônibus. A viagem começa silenciosa demais, quase fúnebre. Eis então que o motorista, ousado que só ele, liga o seu radinho e nos bota pra ouvir “Remember the time”. Cheguei a pensar que fosse toque de celular, mas não, não era. Fui imediatamente teletransportada pra época em que o Fantástico exibia clipes em primeira mão no Brasil. Era a sensação, lembra? Lembra, claro que lembra. Os clipes do Michael Jackson, então, eram aguardadíssimos.

BRT em silêncio. Quer dizer, não mais em silêncio. Não se ouvia a voz de um passageiro sequer. Era “Remember the time” no talo e todos ali, ouvindo respeitosamente. Mas por dentro… ah, por dentro estávamos todos dançando. Quem consegue ficar parado ao som de “Remember the time”? Eu já estava mentalmente fazendo a coreografia com os meus irmãos niggas Eddie Murphy, Magic Johnson, Iman e Michael Jackson, tão negão quanto nós. Tão negão quanto o motorista. Tão negão quanto uma deliciosa noite de sono que antecede um feriadão. Do you remember the time?