Suécia ‘intensifica’ combate contra imigrantes trabalhando ilegalmente

Após ataque terrorista recente realizado por um pedreiro, imigrante do Uzbequistão, que terminou com a morte de 5 suecos no centro de Estocolmo, a polícia da Suécia tem elevado o número de batidas em locais de trabalho buscando imigrantes sem documentos.

Agência de Migração estima que 50.000 imigrantes estão trabalhando em diversos setores do mercado sueco sem nenhum tipo de documentação.

Ministro Morgan Johansson disse que um mercado de trabalho formado por indivíduos vivendo à margem da sociedade sueca não é aceitável.

Fonte

Like what you read? Give RENOVA a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.