Em algum lugar do Tempo e do Espaço
Felippe Martins
236

Emocionante relato, de como uma perda pode mexer conosco emocionalmente e fisicamente. Desde um walktalk passado, onde vc abriu essa parte da sua vida pra gente, começamos a te enxergar diferente, não aquele cara que sempre fazia de tudo pra zuar o Floriano, no qual a gente sabe q é mera zueira e vcs são amigos. Mas mostrou o lado humano que muita gente tem, e que também passa por isso de formas diferentes ou parecidas. Também sou casado, do primeiro casamento, e espero que continue sendo o primeiro, também tenho minha musa que me inspira a ser melhor todos os dias tanto pra mim quanto pra família. Quando a gente tem um ente que já estaria num estado de doença, a gente ainda se prepara, se despede, tenta se conformar, etc… mas quando é fulminante, não dá pra imaginar essa dor. Espero que eu não passe por isso tão cedo, mesmo já tendo perdido parentes bem próximos por doenças, onde a gente ainda teve a chance do último abraço. Sabe, eu antes não acreditava mesmo em divindades… mas como você mesmo disse, será que não tem mais nada além do que nascer, crescer, trabalhar, se aposentar ( às vezes nem isso ) e findar? Tudo isso pra quê? Eu acredito sim, que haja um ‘depois’. Mas aí é uma outra história pra muitas e muitas linhas, que por enquanto não dá pra escrever agora. Mas sim, eu acredito num depois. Nossa vida, nossa alma, é perfeita demais pra que a gente viva um ‘nada’ e sermos esquecidos por toda a eternidade. Um dia com tempo, converso contigo sobre isso. Nada religioso, nada dogmático. É mais real do que possa parecer. Um grande abraço, e leve a vida, com seu filhote, e sua esposa, e como todo mundo diz aquele clichê maldito e real, a vida continua mesmo. Continue sempre vendo no sorriso do garoto, e um dia ele vai crescer, e vai ser mais evidente, a imagem que te vai continuar trazendo mais conforto e serenidade. Abração… ( vc já me zuou um dia num podcast também, seu matreiro kkk )

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Riva Lima’s story.