Viver para criar: plataforma gera proximidade com fãs e sustentabilidade financeira a criativos.

A vida de quem trabalha com criação de qualquer tipo costuma ser bem difícil às vezes, não é?

Um músico independente, por exemplo, costuma ter de se dividir entre o trabalho com a música (shows, ensaios, composições) e algum outro trabalho que lhe permita tirar seu sustento para pagar as contas diárias. E se ele pudesse ter a ajuda constante de seus fãs para se dedicar 100% ao que ama?


Viver para criar. Essa é a intenção do APOIA.se: uma ferramenta que visa financiar toda a vida produtiva de artistas, jornalistas, blogueiros, youtubers e criadores de conteúdo em geral, através do estreitamento de relação com o público gerando uma receita recorrente mensal para que os criativos possam de fato viver para criar.

O financiamento coletivo recorrente com foco no processo criativo é uma espécie de mecenato do século 21. A inovação está no fato de que o modelo é baseado não em um grande e rico apoiador, mas distribuído entre muitos pequenos fãs-mecenas que podem destinar, mensalmente, pequenas quantias de seu orçamento (como R$ 1,00 por exemplo) para financiar o trabalho seu criador preferido. Em troca, os fãs recebem o conteúdo produzido em primeira mão, além de outras recompensas exclusivas que os criadores apoiados queiram oferecer gerando assim uma relação mais profunda entre criador-público e incentivando uma produção cada vez melhor de conteúdo.

Veja:

Contribuir coletivamente com arte e cultura de qualidade: gostamos!