Facebook anuncia combate a posts de “baixa qualidade”

@Rock Mkt

Posts considerados enganadores, sensacionalistas ou spam sofrerão queda no alcance e darão espaço para post mais informativos.

O Facebook anunciou em 10 de maio de 2017 que mostrará no feed de notícias dos usuários menos posts e anúncios que levam a páginas de baixa qualidade. “A atualização ajudará a reduzir os incentivos econômicos de spammers motivados por dinheiro”, diz o comunicado publicado no blog oficial.

O trabalho utiliza revisão de conteúdo e inteligência artificial, de modo similar ao que tem sido feito em relação às notícias falsas.

“Queremos ajudar as pessoas a construírem uma comunidade informada no Facebook. É por isso que sempre trabalhamos em entender quais posts as pessoas consideram enganadores, sensacionalistas ou spam para podermos mostrar menos deles e, no lugar, mais posts informativos.”

Segundo o texto, o Facebook tem ouvido dos usuários reclamações sobre quando clicam em um link que leva para uma página da internet contendo pouco conteúdo útil e que é coberta de anúncios maldosos.

Essa parece ser uma preocupação constante da rede social. Em 2016, o Facebook já havia anunciado um combate aos títulos caça-cliques em posts.

Experiência mais informativa

O Facebook já tem, desde o ano passado, uma política cujo objetivo é proibir anunciantes com páginas de baixa qualidade de anunciarem na rede social.

Agora, a ideia é — além de aumentar essa vigilância sobre os anúncios — olhar também para os posts orgânicos.

Para essa atualização, a companhia diz ter revisado “centenas de milhares de páginas linkadas ao Facebook” para identificar quais apresentavam conteúdo pouco informativo ou anúncios disruptivos, chocantes ou maldosos.

Então, foi utilizado inteligência artificial para entender quando novas páginas compartilharam conteúdos de características similares.

Assim, quando o Facebook determina que um post pode ter links para essas páginas de baixa qualidade, a publicação deve aparecer mais abaixo no feed de notícias dos usuários. Da mesma forma, pode não ser elegível como um anúncio.

E o que isso muda na minha fanpage ou conta de anúncios?

Ok, essas são mudanças bem voltadas para a experiência do usuário. Mas e quem tem uma fanpage no Facebook ou faz anúncios na rede social, vai notar alguma diferença?

De acordo com a empresa, páginas ou anunciantes que não possuem esse tipo de conteúdo de baixa qualidade devem ver um pequeno aumento de tráfego, enquanto aqueles que o publicam devem ter o tráfego diminuído.

“A atualização é um dos muitos sinais que usamos para rankear posts no feed de notícias, então o impacto vai variar para cada publisher”, diz o comunicado.

O Facebook enfatiza ainda, como já é de costume, que as fanpages devem continuar publicando conteúdos relevantes para suas audiências.

As mudanças serão lançadas aos poucos nos próximos meses

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.