Acho uma graça
Quando com vergonha
Tu abaixa o olhar

Sempre me encanto 
quando entusiasmado
me ensina Rodrigues.

Morro de prazer
quando na sua boca
desaguo

Se é de se namorar
eu não sei
Mas que da pra ficar, dá.

Eu fico.