Você já pode parar de tentar ser forte…
Gustavo Tanaka
25822

Poxa Gustavo! Você sempre se aproxima muito da minha realidade, mas nesse se superou. Passou um filme sobre a minha adolescência, até sair da faculdade.

Eu tentava ser, sem a convicção disso que passei a ter há uns dois anos. E ainda não me livrei, por completo, do tentar ser.

Vira e mexe tento ser. Eu sei que sou, mas tem horas que pesa, e é como se tudo caísse, desmoronasse.

Queria um abraço e um bate papo ao vivo sobre isso! De amigos. Sozinha muito fiquei, até pq sou filha única, e fui cada vez mais entendendo que o meu destino era aprender a ser sozinho.

Mas coisas deram muito errado e eu, ao invés de conquistar a tal meritocracia na qual eu tanto cria, e a independência, para a qual eu tanto corri, sem sair do lugar, criei uma dependência brutal. Com 34, uma filha de 10, 8 anos solteira, não me permiti refazer minha vida, e moro com meus pais. E está muito difícil achar uma saída para isso, e assim, aquela fortaleza desmoronou, como um muro de Berlim, derrubado.

Beijos

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.