É raiva

escrevi esse texto faz uns dias, mas resolvi só postar agora. é aquela historia: irar mas não pecar.


Eu estou com tanta raiva que não quero escrever. Com tanta raiva que não quero levantar da cama, eu queria mesmo era gritar eu queria mesmo era poder falar. É raiva de palavras guardadas, raiva de gente desconfiada e de segurança perdidas em amizades falidas. É um pouco de tristezas, raiva de coisas frustradas de anos e dias que provável não foram nada. Raiva de não conseguir enxergar esperança, é raiva por ainda ter fé, mesmo que um tanto apagada. É raiva por conta da solidão ou da companhias atrapalhada. O que eu sinto é raiva, mas daqui a pouco, passa

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.