indução
Concordo que toda hipnose é, de fato, uma auto-hipnose, pelo fato de depender do sujeito muito mais…
Aron Giffoni
11

Olá Aron, muito grato e satisfeito pela visita e comentário.
Gostaria de enfatizar uma única palavra do seu comentário… indução!

Digitando a palavra “indução” no Google, o primeiro resultado que se obtém é sua definição básica; e essa definição é:

IN·DU·ÇÃO: s.f. 1. Ação, processo ou efeito de induzir. 
Indução tem sua origem etimológica no latim inductĭó,ōnis, “ação de levar ou trazer, de introduzir, de aplicar sobre, de determinar, etc.”

Segundo o Wikcionário

IN·DU·ÇÃO: s.f. 1. Ato ou efeito de induzir; 2. Levar a outro lugar; 3. [Lógica] Raciocínio cujas premissas têm caráter menos geral que a conclusão.


Tomando por base o sentido literal de “indução”, posso entender que a associação livre seja sim uma indução.

No site Psicologado, tem um texto bem legal sobre a associação livre, e transcrevo abaixo um trecho:

Na associação livre o paciente é orientado a dizer o que lhe vier à cabeça, deixando de dar qualquer orientação consciente a seus pensamentos. É essencial que ele se obrigue a informar literalmente tudo que ocorrer à sua autopercepção, não dando margem a objeções críticas que procurem pôr certas associações de lado, com base no fundamento de que sejam irrelevantes ou inteiramente destituídas de sentido.
Em seu Estudo Autobiográfico Freud (1925) lembra-nos que devemos ter em mente que a associação livre não é realmente livre. O paciente permanece sob a influência da situação analítica, muito embora não esteja dirigindo suas atividades mentais para um assunto específico: nada lhe ocorrerá que não tenha alguma referência com essa situação. Sua resistência contra a reprodução do material reprimido será agora expressa de duas maneiras.
Fonte: O Método da Associação Livre | Psicanálise | Abordagens © Psicologado.com

No trecho acima, substitua as palavras “orientado” (no primeiro parágrafo) e “influência” (no segundo parágrafo) por indução, e perceba que o resultado permanece o mesmo. 😉

Mas é fato que, independente do que disse acima, esta é a minha percepção, meu mapa sobre o assunto! Todas as outras pessoas estão e são livres para terem percepções e/ou mapas diferentes das minhas.

Grande e forte abraço!