As engrenagens da felicidade
Léo Borges
163

Como de costume, seus textos deixam a gente com um monte de vozes na cabeça. Reflexões.

Ainda, tenho que dizer que achei muito bem trabalhada a inserção das letras de músicas no texto. Que encaixe perfeito. Totalmente orgânico, como se a narrativa rogasse por isso, sendo nada forçado.

Bela combinação de técnica e talento, inspiração e transpiração.

Parabéns.