This story is unavailable.

Muito legal sua proposta!

Mas, serei presunçoso. Kkkkk.

Cuidado com o excesso de auto-crítica. Severidade demais pode atrapalhar sua experiência no Medium. Afinal, é sempre bom ter em mente que trata-se de rede social, na qual, a melhor parte é justamente interagir.

Então, se achar que disse bobagem, deixe estar. Afinal, quem não faz isso, às vezes. Quem julgar alguém por parcas linhas escritas por aí, postas na intenção de interagir, é que deve reter sua consciência diante do espelho.

Em suma, relaxe. Hahaha.

E outra, o texto, o comentário, a resposta, é mero signo, objeto a ser interpretado, construído apenas com base na parte da realidade que é possível ao comentador captar no dado momento em que escreve, fundado, ainda na vivência pessoal. A interpretação de quem lê o que foi posto, dá-se de igual modo.

Logo, basta ser sincero. Pois é impossível querer ser certeiro todas as vezes, até por que o leitor / intérprete examinará o conteúdo com a cabeça dele. Incontrolável, portanto.

Sendo impreciso, mas de boa vontade, pareça o que for, o problema será do outro, daquele que julga, e não seu.

E vale destacar que aqui no Medium, em regra, estamos livres de haters (ou ao menos eles são mais contidos!). Aqui me sinto confortável, pois esta é uma rede social composta por pessoas de verdade, que se importam. Este é um local que, de fato, permite a conexão entre pessoas, e não simplesmente entre perfis.

Relaxe, comente, interaja, participe, seja honesto e sincero, e pronto. Em prosa ou verso.

Bem, para isto não parecer tanto um texto presunçoso de auto-ajuda, resumirei: CARA, LIGA O FODA-SE, E SEJA FELIZ!!!!

Hahahaha.

Abraço.