Decepção.

Escute enquanto lê.

Os erros no passado à que cometemos, sempre irão nos assombrar. Ninguém se importa com o que você é atualmente e sim com o que você foi, porque a vida das pessoas deve apenas se basear no passado, o que passou, e nunca o agora ou que virá depois. Seria de tamanha coragem essas pessoas olharem uma vez se quer para você atualmente e entenderem que não existe mais o que foras, já existiu sim, mas como tudo que passa.. morre com. De fato é complicado as pessoas entenderem isso porque se um dia aceitarem, iram admitir que foram erradas em julgar, tratar mal ou até rejeitar como parte do cotidiano que fizeram. E aceitar o erro, aceitar que magoou aquele que tanto fez pra mostrar que o que era morreu, seria uma sacrifício tão grande, que a maioria prefere simplesmente desistir do que encarar o equívoco.

A vida só pode ser compreendida, olhando-se para trás; mas só pode ser vivida, olhando-se para frente.” — Soren Kierkegaard

Doí mais ser testemunha de tanta agressão com o que se esforça. Doí saber que mesmo o “pagador de dívidas” tenha errado, a quem está devendo não enxergar que também erra e doí mais ainda saber que sempre vai jogar pra cima do outro por ser mais fácil de engolir. Afinal, a culpa sempre foi do pagador não é mesmo? Pra que se dar o luxo de ser por na linha tênue e ver que ambos erraram. Pra quê? Tão mais fácil desviar a culpa toda.

Reconhecimento e admiração é o que falta. Até que a cobradora entenda que não terá tudo em suas mãos e que é preciso valorizar quem lhe paga e sustenta o pão que come todos os dias, haverá guerra. E é tanto desprezo que tal ousa cuspir na pagadora como se fosse uma tigela de madeira da Idade média de grandes bares boêmios, como se fosse obrigação dela suportar. E pior de tudo é a pagadora que faz de agrado a burguesa por admira-la e querer reciprocidade. Pobre pagadora, talvez esteja se afogando nas ilusões que impõem em sua cabeça. Afinal, em que era uma burguesa olharia pra uma pagadora? Ademais, pra burguesa só lhe interesse que a pagadora se manobre pra agrada-la e no fim paga-la, caso contrário, ela à larga para a solidão e sem exitar se vai, o porque? Porque é o mais fácil.

Like what you read? Give Escorpião a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.