“É preciso frisar que o ‘ponto do marido’ feito no períneo de uma mulher é uma expressão extremamente machista que quer dizer que o corpo, a vulva e vagina daquela mulher pertencem a ele e que esse ponto deve ser feito para garantir que a vagina dela ficará ‘apertadinha’ depois do parto para melhor prazer dele. Não temos nada na ciência ultimamente que justifique essa mutilação na genitália feminina no momento do parto”
VA-GI-NA: por que a gente sabe tão pouco sobre ela?
Carol Patrocinio
2603

A episiotomia da minha mãe — procedimento que não foi informado à ela, apenas fizeram — foi tão mal feito que ela sente desconforto até hoje, quase 36 anos depois do meu nascimento. Ficou uma queloide em cima que volta e meia inflama e que dói bastante no frio.

Like what you read? Give Lady Sybylla a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.