4 problemas em vender no e-commerce e como resolvê-los de uma só vez

Assim como em outras formas de atuação, no e-commerce o vendedor também encontrará algumas dificuldades e problemas. Mas, muitas vezes, é difícil projetar o que poderá ser um obstáculo nos negócios.

Quando se começa a empreender é preciso colocar os dois lados na balança. Essa continua sendo a melhor forma para se preparar para os acontecimentos e não ser pego desprevenido. Por isso, é importante, sim, se informar sobre todas as vantagens de abrir um e-commerce no seu segmento, mas sem ignorar os problemas específicos que essa modalidade pode trazer.

Você sabe quais são eles? Separamos alguns exemplos para te ajudar nesse processo:

1-Trocas

Uma das dores de cabeça de vender no e-commerce é o processo de trocas de mercadorias. Isso porque como toda a negociação é feita online, para realizar a troca existe a dependência da logística reversa. Além de demorado, o produto pode ser devolvido usado ou danificado. O que fazer nesses casos?

2-Entrega

Pode acontecer de o produto ser enviado para o endereço informado pelo seu cliente, mas retornar para o seu estoque após as tentativas de entrega. Como proceder quando isso acontece?

3-Atendimento

Diferente do atendimento pessoal, em que as dúvidas são esclarecidas na hora, no e-commerce é necessário um atendimento disponível para isso. Acontece que, em muitos casos, ele pode ficar sobrecarregado para responder a todas as solicitações sobre produtos e processos, já que é mais solicitado que o comum.

4-Funcionamento do produto

Dependendo do tipo de produto com o qual você trabalha, é preciso ter conhecimento para instalação e funcionamento. Caso contrário, o produto pode ser danificado e acontece a chance de um pedido de troca pelo não funcionamento. Como evitar esse tipo de problema e prejuízo?

E como resolver?

Todos os problemas que citamos acima tem algo em comum: a solução. E sabe qual é a palavra que muitas vezes os lojistas esquecem? Comunicação.

Parece simples, mas uma boa comunicação pode evitar e resolver inúmeros problemas, principalmente quando tratamos de vender no e-commerce.

Nesse sentido, é preciso padronizar os processos e comunicar aos clientes tudo o que ele precisa saber e mais um pouco.

Nos casos de troca, por exemplo, é importante ter uma política que já preveja situações do tipo “devolução de produto danificado”. Com transparência e profissionalismo, a comunicação quanto pode inibir esses casos e reforçar seus processos de conferência e embalagem, por exemplo.

Já em relação à entrega, adicione uma caixa para a confirmação dos dados de entrega de seu cliente, peça referências e telefone para minimizar os erros desse tipo. Se ainda assim o pedido retornar, entre em contato pessoalmente e demonstre seu interesse em agilizar a entrega.

E nos casos de superlotação no atendimento ou funcionamento do produto, tenha disponíveis as perguntas frequentes, assim como manuais de funcionamento acessíveis e, é claro, deixe a descrição do seu produto o mais completa possível. E-mails também são eficazes nessa comunicação, seja antes de receber o produto, informando os cuidados, ou depois, com dicas de uso.

Não subestime a comunicação, ela é essencial para o sucesso da sua loja virtual.

Boas vendas!


Originally published at www.taggli.com on August 30, 2016.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.