O’Meeting, a Orientação pela segunda vez no Alto Alentejo!

O Alto Alentejo vai viver dias agitados de 23 a 28 de Fevereiro com a realização de mais um O’ Meeting no distrito de Portalegre

Mais concretamente nos municípios de Alter do Chão, Crato e Portalegre.

Mas afinal de que estamos a falar?

Explicando melhor ao leitor, o O’ Meeting é o maior evento de Orientação Nacional e por sinal o maior do mundo.

Este evento integra o Ranking Mundial da Federação Internacional de Orientação e o Ranking da Taça de Portugal da Federação Portuguesa de Orientação.

Este evento de orientação pedestre, Portugal O Meeting 2017, traz consigo imensos participantes em massa de diversos países.

O que causa um enorme impacto quer no turismo quer na economia desta região.

A organização está a cargo do Grupo Desportivo Quatro Caminhos, associação desportiva com sede em Matosinhos.

Foi este o grupo que ganhou a candidatura da Federação Portuguesa de Orientação.

E por isso, conseguiu que este evento se realizasse pela segunda vez no distrito de Portalegre, zona de eleição para a organização.

A primeira edição do O’Meeting ocorreu no concelho de Nisa no ano de 2007, mas, afinal de contas o que é a Orientação?

Ora é um desporto que pode ser praticado individual ou em dupla e onde tem de se percorrer uma determinada distância em terreno desconhecido e variado.

O concorrente é obrigado a passar vários postos de controlo descritos no mapa.

Pode ser usada a bússola e o objectivo é portanto a capacidade de leitura dos mapas juntamente com a sua rapidez na orientação.

Haverá ainda no dia 26 uma etapa da Taça de Portugal de Orientação de Precisão para quem tem mobilidade reduzida pois todo o cidadão tem direito a participar.

Está prevista a participação de 2000 orientistas vindos de 30 países…

Assim como são esperados no distrito de Portalegre os melhores especialistas mundiais em orientação pedestre.

E você vai ficar em casa?

Este artigo foi publicado originalmente no site tapaaosal.pt

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.