O brilho dos nossos olhos

O brilho dos nossos olhos foi roubado por nós mesmos. A ganância nos tornou escravos, sem vida, ensinando a ser máquina e não homem. Como os outros não sinto, não sonho, só continuo na fila.

A desesperança de um futuro melhor torna os dias iguais e já não suporto ficar aqui,preso as dores de minhas feridas incuráveis. Vejo as pessoas sendo consumidas pelo ódio e arrogância, perturbados por seus demônios que se tornam mais fortes a cada dia.

As almas gritam por socorro, mas ninguém escuta, o barulho da ignorância cobre a angústia e deixa um gosto amargo. Já não nos sobra mais nada , fomos sufocados pela loucura e levaram nosso brilho junto.

Like what you read? Give JTavares a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.