Como diferenciar sua empresa no mercado

Como profissional da área de estratégia empresarial, um das coisas que sempre me fascinou foi a capacidade de algumas empresas criarem alto valor da sua marca e manterem a experiência do cliente em elevados níveis de satisfação.

Grande parte do potencial dessas empresas é resultado de um bom planejamento estratégico, com objetivos, metas e planos de ação bem definidos e que focam na experiência do consumidor e na inovação do mercado.

O ponto inicial para um planejamento que traga bons resultados é a famosa análise SWOT, onde é possível destacar vantagens e desvantagens da empresa no mercado. É ideal separar a empresa nas principais áreas (geralmente operações, finanças, marketing e gestão de pessoas) e ter uma visão clara dos desafios e objetivos de cada uma delas.

A partir dos desafios identificados e da atual força da empresa, é hora de colocar a criatividade em prática. Pensar em como a empresa pode ter mais valor no mercado, principalmente para seus clientes, fazendo coisas que nenhum dos concorrentes locais fazem.

Dica 1: Observar e pesquisar mercados completamente diferentes e tentar adaptar algumas ações para o seu segmento.

Dica 2: Fechar parcerias com empresas locais de outros segmentos que possam agregar valor ao seu negócio.

Dica 3: Pesquise no Google sobre empresas do seu segmento em outros países. Mesmo que você não entenda nada de outros idiomas, o simples fato de você visitar o site de algum concorrente internacional já pode te dar alguma ideia para adaptar no mercado local.

: Converse com pessoas de outras áreas sobre como eles tentam se diferenciar no mercado. Muitas vezes você terá informações valiosas e confidências que poderá, mais uma vez, adaptar e lançar no seu ramo de atuação.

Como podemos observar, não há limites para ter um posicionamento diferenciado no mercado. O consumidor e as empresas estão em busca constante por novidades e novas formas de fazer coisas tradicionais.

Esse pode ser o seu primeiro passo para implementar a gestão da inovação na sua empresa. E se pensarmos a longo prazo, pode ser isso que vá salvar a sua empresa no mercado.