Nesse clima de fim de Dia dos Namorados Americano podemos falar sobre casais de celebridades?

High School Musical virou um filme ruim porque demos muito mais atenção para Zac Efron e Vanessa Hudgens do que para a prórpia história.

Faz um tempo que tenho tentado escrever sobre como me sinto em relação à privacidade. Todos os tipos de privacidade, na verdade. Mas aqui, eu quero falar sobre privacidade de celebridades, privacidade de casais, privacidade de casais de celebridades.

Em 2006 eu tinha 13 anos. High School Musical lançou um dia antes do fim das férias do meio do ano. Então, no dia seguinte, quando voltei pra escola, o filme tinha se tornado um grande sucesso. Era o assunto do momento. Não demorou muito para eu me apaixonar pelo Zac Efron. Mas eu era um tipo diferente de fã.

Mesmo que eu passasse muito tempo planejando sobre como nós casaríamos, eu realmente não queria me casar com ele. Era mais uma metáfora para ter sucesso quando eu crescesse. O que eu realmente queria era que ele se casasse com Vanessa Hudgens. Eles eram o casal mais fofo de todos os tempos!

Quando as fotos do Havaí foram publicadas on-line eu surtei, de uma boa maneira. Como, acredito, muitas pessoas também surtaram. Esse momento foi devastador para vida pessoal dos dois, não há dúvidas disso. Mas, o que muitas pessoas não mencionam é como isso foi decisivo para toda a franquia do filme.

Essa foi a foto mais difícil de achar do universo. Pela pesquisa no Google não aparece mais pra mim. Daí tive que abrir um CD de backup antigo e resgatar essa imagem da época que eu coleciona fotos de coisas relacionadas ao Zac.

High School Musical, o primeiro filme, é o meu favorito. Isso porque, conta a história de estudantes de ensino médio tentando se encaixar, tentando descobrir quem eles são, quem eles vão ser quando crescerem. Esse era o tipo de criança que eu era. Eu gostava do que todo mundo não gostava, eu não tinha muitos amigos, então eu me relacionava muito com a história.

No momento em que High School Musical se tornou a história de um casal — e esse momento foi quando “Zanessa” decidiu ir para o Havaí — os filmes nunca mais seriam mais interessantes do que as fotos de paparazzi, do que as turnês de imprensa, do que as aparições em talk shows na TV.

Aquelas fotos do Havaí os destruíram. Toda a atenção voltou-se para Zac e Vanessa como adolescentes/jovens adultos, não como atores em um filme. Tome Camp Rock, The Descendants, qualquer filme do Disney Chanel que saiu após High School Musical por um instante. Nenhum deles fez muito sucesso como High School Musical fez.

Além disso, naquela época, estávamos vendo o início de uma era digital, estávamos sendo introduzidos às mídias sociais, que desempenharam um papel importante neste show. Britney Spears e Justin Timberlake foram um dos primeiros ships que já vivenciamos. Então, Brangelina veio. Mas Zanessa mudou tudo no Disney Chanel, por causa da internet. Tudo se espalhou tão, tão muito rapidamente.

Hoje em dia, eu não fico mais impressionada com o fato de que as nudes da Vanessa tenham sido publicadas. Agora, olhando de fora, mas nem tanto, contudo com uma perspectiva crítica, parece que tudo foi encenado. Especialmente depois que Justin Bieber e Selena Gomes foram passar férias no mesmo destino que Zac e Vanessa. A Disney dá ingressos para o Havaí para cada um dos casais de adolescentes?

Jelena X Zanessa

Então, o segundo e terceiro filmes começaram a serem produzidos e acabaram direcionando o enredo completamente para Zac e Vanessa. Em vez de contar uma história legal sobre teatro, artes e amizade, tornou-se outra história sem graça sobre um casal tentando sobreviver à instabilidade que é crescer. Assim, nossas expectativas sobre o relacionamento deles tornaram-se cada dia mais e mais altas.

Até o dia em que oficialmente foi publicada, um cacalhão de histórias sobre o fim do namoro tinham sido relatadas. Eu me lembro quando realmente aconteceu, em que uma amiga na escola veio me dizer: “Você viu que Zanessa terminou?” E eu, como uma boa fã, completamente neguei tudo e disse para não acreditar em notícias de fofocas. Bem, naquele dia, quando cheguei em casa, corri para o computador apenas para ficar devastada pelas notícias de fofocas tão verdadeiras. Não foi até uns dois anos mais tarde que eu aceitei o fato de que eles tinham terminados para provavelmente nunca mais voltarem.

Hoje eu conto esta história com um certo humor. A história de como eu era uma adolescente boba. Mas — pensando mais fundo — não boba por ter um fandom, boba por não ter sido capaz de ver o espetáculo acontecendo.

Esta é também a história de porque eu queria ser RP. Foi observando Zanessa — e depois o Zac sozinho — que eu percebi como é importante para uma celebridade ter a sua privacidade. É somente desta maneira que elas podem construir suas carreiras pela próprio talento e trabalho duro delas. Quero dizer, se elas quiserem ser artistas.

Os artistas são muitas vezes julgados por quem eles são como pessoas, não pela qualidade de seu trabalho. Então, se você é uma pessoa doce, é altamente improvável que alguém o escale para ser o vilão. Assim, deixo o pensamento: não é parte do trabalho de um ator fingir ser alguém quem ele não é? Então, por que não os deixamos fazerem o seu trabalho?

Nós, como público, temos o dever de apoiar nossos artistas. Principalmente, para dar-lhes privacidade quando precisam. Então, o que vamos fazer daqui por diante?


Aliás, todo o show “vamos ver Zac Efron sem camisa” também começou no High School Musical. Aposto que ninguém naquele momento, nem mesmo o próprio Zac, poderia prever que ele nunca mais seria capaz de deixar de lado aquela cena. Hoje, todo a atenção da mídia que ele conquista gira em torno do corpo dele.