Picota-me.

Vai, picota os papéis das tuas lembranças, tem cada coisa bizarra. Junta tudo é joga no lixo, mas saiba... que pedaços de papel picotado sempre ficam em algum lugar.

Hoje achei um pedaço minusculo de um papel que rasguei fora ano passado. E nele tinha escrito assim:

"Aqui jaz, o cara sem fé. Pois foi abraçado pela esperança nua de uma saudade terna, da única pessoa que amou."

P.s. 14 de maio de um ano perdido, pois se foi de novo toda coragem inflada de sonhos impossíveis.

T.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Eca, Thiago!’s story.