5 SINAIS DE UM “ADULTO MIMADO”

Você não vai com a minha cara?

Você já deve ter percebido que tem muita gente apelando para o xilique ultimamente em vários ambientes, seja nas ruas, na televisão, pessoas em cargos políticos, artistas e até você! Isso, até você está mais xiliquento, como aquele chefe que você não gosta, ou a barraqueira da rua, o briguento da reunião de condomínio, em suma, como as pessoas que você não tolera a postura.
 Fazendo uma análise mais rasa, você alegará que teus xiliques são “por motivos justificáveis” ou que você é uma pessoa calma mas “te tiraram do sério” e numa mais profunda mostra que você pode ser um adulto mimado.

Alguns sintomas:

1- NÃO TOLERA DISCORDANTES

Quem discorda sobre algum assunto ou simplesmente é indiferente à algo que se gosta é um motivo para irritar-se com seu semelhante. É difícil entender que existam pessoas diferentes, com corpos diferentes e mentalidade diferentes, pois o outro não é igual. Chegam ao limite de achar que o outro está enganado por não compartilhar as mesmas opiniões e chega a tirar satisfações sobre opiniões individuais.

2- SE OFENDE FACILMENTE

Não importa a interpretação do que foi dito, basta não ser do jeito que queria escutar, se ofende. As vezes não entendeu bem e se ofendeu. Nem sequer analisou se era uma piada, se tinha sarcasmo, se fazia sentido se ofender, mas deixou profundamente irritado, até tirou o gosto do chocolate. Quem é o senhor da tua paz, os outros? Se sim, tenho péssimas notícias…

3- OS DIFERENTES SÃO AMEAÇA

Quando só anda com quem se assemelha aos teus costumes, modo de se vestir, classe social, visão política e principalmente ideologia sexual. O mimado precisa aprovar a existência dos outros como se fosse um teste de moralidade. Da mesma forma que os canhotos eram questionados por sua “opção” na idade média, os diferentes são como um desaforo e possivelmente a causa de todos os problemas sociais e monetários.

4-NÃO SE VÊ COMO UM DÉSPOTA

Quando em uma situação de poder, controle ou liderança sente a necessidade de ser extremamente cruel e inflexível, como se estivesse lidando com prisioneiros perigosos ou inimigos mas são seus amigos, funcionários, colegas de classe ou colegas de trabalho; o seu amor. Fazer trabalhos em grupo na faculdade sempre gerou desavenças? Já parou para pensar que o problema pode ser seu excesso de “seriedade” cobrando uma perfeição imaginária dos outros? Se você se ofendeu com isso, temos uma pista!

5- TUDO DÁ ERRADO

Segundo Immanuel Kant, a burrice é uma doença mental que faz as pessoas acharem que suas vontades e opiniões estão acima da realidade e das possibilidades terrenas, não assumindo as consequências dos próprios atos e confunde teimosia com insistência em assuntos que só possuem um resultado óbvio, mas crê que o pensamento positivo da auto-ajuda vai superar as barreiras da lógica e dadas as circunstâncias resultantes, se revolta e tenta piorar o que já está ruim para ver se melhora.

Sua frase preferida é “o que é um peido para quem já está cagado”.

Caso tenha se identificado com alguns desses sintomas graves, não se preocupe, tem cura, mas não se apresse pois a mudança de hábitos é lenta e gradativa e só após perceber-se mimado que a “cura” se inicia. Como sempre digo, encontrar a solução é o começo de um novo problema: fazer.