A Reforma Trabalhista e o Não-dito
Anderson Moraes
582

Rapaz, texto maravilhoso: sucinto e objetivo, você devia escrever pra Voyager!

Eu também fico abismado com o número de amigos trabalhadores de avançado nível acadêmico e até vivência no exterior sucumbirem intelectualmente diante destes óbvios absurdos na Deforma trabalhista proposta pelos réus da Lava-Jato que eles torcem ludicamente também e não conseguem deliberar por um segundo se existe coerência nessa postura assumida.
 Claro, quando questiono estas incongruências sou acusado de ser petista, Lulista e outras adjetivações anexadas ao senso comum do eleitorcedor de classe-média.

E como sempre, a culpa é toda do Chaves!