Um poema e um café para helena


Eu não aguento mais transformar em verso o que sinto por ti

Eu nem sei se sinto ou se sofro

A lua parece até estar mais triste

O vento parece até cansado de soprar a nosso favor

O caminho que um dia me levou a helena

Não existe

Seria psicológico todo esse desamor ?

Fui covarde quando não me atirei em teus braços sem nada esperar.

Tenho ainda em minha boca o gosto do teu beijo

Tenho em meu corpo, perdido em algum canto desta pele negra o teu cheiro

Ainda posso ouvi-la cantarolar

Helena é a parte de mim que não existe

Mas insiste

Ela é o gosto doce de um limão capeta

Que me rejeita

É a chama da fogueira ou brasa

Fumaça que me desorienta

Helena é a moça mais bonita da cidade

Sinto saudades

De todos os males ela é o melhor

Pior seria não tê-la amado

@_umacapitu

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.