Bicha! A homofobia no futebol como legado da Copa
Puntero Izquierdo
24615

Não é um legado da Copa, essa prática já é de longas datas.

O legado da Copa pode ser o inverso, racismo, machismo e homofobia tem começado a incomodar e a mudar no mundo do futebol.

Na Europa já tem casos de punições por atos homofóbicos, no Brasil apenas comentários singelos de um ou outro comentarista esportivo, mas a grande maioria dos comentaristas e futebolísticas ainda prega essa cultura e a CBF e comissão de arbitragem se omite.

Já o racismo já se tem ocorrido punições no futebol brasileiro e, também, mundial.

A CONMEBOL exigiu que os times investissem no futebol feminino do contrário os clubes não poderão participar dos campeonatos continentais, numa tentativa de desconstruir o machismo e desprestígio pelas futebolísticas que sofrem para ganhar espaço e respeito no esporte.

Like what you read? Give Fernando Ungaretti a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.