um mero registro

Eu escrevo com pressa 
Prendo a respiração
Tento manter tudo dentro
e tudo fora

Só mais uma nota
Só mais um segundo
Só mais um sorriso

É para a arte
É da arte
É por causa da arte

Não entendo o que eu sinto
E entrego essas palavras chutadas
Cuspidas
Vomitadas

Mas são necessárias
Preciso registrar
que não sei o que sinto
mas sei que é bom.

Like what you read? Give Victor Dourado Alves Reis a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.