Como organizo minhas finanças pessoais com o Vai Sobrar! para Android

Configuro a minha renda

A primeira coisa que fiz no Vai Sobrar! foi configurar a minha renda. O meu salário. Na tela principal dos meses, cada mês tem um menu, onde você encontra a opção “Atualizar renda”. É ali que informo a minha renda para um determinado mês. Se eu quiser, ainda posso definir aquela renda como a renda padrão a partir daquele mês. Assim o aplicativo usa essa renda para todos os meses e eu não preciso informá-la a cada mês.

Cadastro minhas despesas

Com a renda configurada, cadastrei cada uma das contas que pago mensalmente (condomínio, internet, telefone, etc.). As únicas informações obrigatórias são a descrição da conta, o valor e o dia de vencimento. Só com essas informações o aplicativo já consegue te ajudar a não esquecer de pagar nenhuma das suas contas e você nem precisa ter um trabalhão fornecendo um monte de informações a cada conta que cadastra. Pode atualizar tudo depois.

O cadastro das despesas tem 2 facilitadores interessantes: você pode cadastrar uma despesa fixa e uma despesa com parcelas. No caso de uma despesa fixa, ela vai se repetir em todos os meses subsequentes. Ou seja, você não vai precisar cadastrar a mesma coisa para cada mês que vem pela frente. E no caso de uma despesa com parcelas, basta informar a quantidade de parcelas no campo respectivo e o aplicativo repete a despesa com o valor informado para aquela quantidade de parcelas.

Analiso as informações

Depois de cadastrar as minhas despesas mensais, tenho algumas informações e estatísticas a minha disposição. Na minha lista de despesas de um determinado mês, tenho um resumo daquele mês no topo da lista, e todas as minhas despesas com informações sobre despesas fixas e parecelas, seus valores e seus vencimentos. Além disso, as despesas que eu ainda não paguei naquele mês aparecem em vermelho. Quando pago cada uma delas, informo o pagamento com o botão “$”. Com isso, a despesa fica verde, indicando que já está paga, e os dados do resumo são atualizados.

Quando volto à tela principal com os meses, tenho o resumo de cada mês atualizado com as informações das despesas que cadastrei. O resumo dos meses traz: a minha renda naquele mês, o total de despesas e um saldo. Enquanto o meu saldo for positivo, ele se mantém na cor verde. Ou seja, estou mantendo meu orçamento sob controle.

Quando o valor total de despesas fica vermelho, significa que vou gastar demais naquele mês (mais da metade da minha renda), e é bom ficar atento e diminuir esta quantia porque é um padrão pesado de se manter e você pode acabar se endividando.

O resumo também mostra uma seta vermelha (pra cima) ou verde (pra baixo) ao lado do valor total de despesas. Esta seta indica se você está gastando mais ou menos que o mês anterior, também ajudando a manter o controle do orçamento.

Além destas informações, cada mês apresenta alguns gráficos, que resumem o orçamento e ajudam a analisá-lo com mais facilidade. São gráficos de despesas por categoria, despesas por tipo, despesas com o valor muito alto, despesas com muitas parcelas e vencimentos por semana. No topo da tela, há sugestões de limites para gastos diários e semanais, baseados no saldo do mês.

Agora, recebo alertas e mantenho meu orçamento atualizado

Agora que já tenho minhas despesas cadastradas com seus devidos vencimentos, recebo alertas no meu e-mail e no meu telefone com as despesas que vencem a cada semana. Também recebo os alertas quando as despesas chegam no dia de seu vencimento.

Se eu quiser, ainda posso configurar lembretes em cada despesa. Se eu quiser que o aplicativo me lembre que preciso pagar alguma conta alguns dias antes do seu vencimento, configuro um lembrete na despesa e ele envia um alerta pro meu e-mail e no meu telefone com o lembrete. Além disso, o aplicativo mantém uma notificação na tela principal enquanto o lembrete existir, ajudando a realmente não esquecer aquela conta. Se eu quiser que o aplicativo pare de mostrar os lembretes, posso dispensá-los a qualquer momento.