Uma visão artística dos que se refugiam agora

Não esqueça de ler o quem vem embaixo 😛

tantos escapes, tantas fugas

de quem sofre e luta

de uma sede profunda

de tanta agrura,

por causa de muito amedrontamento e pouco contentamento

que não se pode nem pensar

em ser feliz, nem mesmo na terra onde nasceu


//Eles, os refugiados, passam por coisas muito diferentes e piores do que as que tem no vídeo. Apesar do tom mais artístico no vídeo, o que se passa na vida de muitos que correm perigo nesses lugares é uma luta por vida, como o próprio site aponta: “[…] todos os refugiados passaram uma parte de sua jornada num barco. Alguns ‘apenas’ algumas horas, outros durante uma semana. Frequentemente, sem água e sem comida suficiente.”

Com isso, o curta tem intenção de promover e de dar apoio à ação Cruz Vermelha que recebe doações para ajudar as vítimas.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated JeffersonT’s story.