Brasil de contradições

Como manda a tradição, o Brasil iniciou mais uma edição da Assembleia Geral da ONU em Nova Iorque. Em discurso, o presidente Michel Temer ratificou que o país está de portas abertas para os refugiados, e que atualmente já vivem cerca de 95 mil pessoas em terras brasileiras.

“Obrigado, Brasil, pela oportunidade de nova vida que você nos deu”

Porém, o mesmo Brasil que demonstra importância com a integridade humana recebeu denúncias do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, em Genebra, referente à repressão feita pela Polícia Militar em manifestações em São Paulo.

Governador de São paulo é acusado de repressão em manifestações. Foto: Avenida Paulista — Paulo Pinto/AGPT