O homem do dia-a-dia olha para o Rodrigo Hilbert e se sente emasculado. Menos homem.
Carta Aberta à Carta Aberta ao Rodrigo Hilbert
Yann Rodrigues
275

Lembro-me de fazer um texto semelhante sobre isso tempos atrás, em que demonstrava um misto de admiração e inveja ao Rodrigo numa tentativa bem humorada de trabalhar sobre o tema, e sabe, é bem isso mesmo, nós homens nos sentimos ameaçados por um homem que consegue ter sucesso em tantas coisas, continuar sendo bonitão e mostrar que não é apenas um vaso sem conteúdo, mas sim alguém com múltiplas capacidades, e nesse ponto a inveja bate forte, admito, antes dessa coisa dele mostrar todas suas capacidades, me sentia confortável como um nota 8,5; sabe, aquela nota imaginária que me dava me comparando com o geral dos homens, mas depois dele, vi minha nota regredir e admito que isso me fez abrir um questionamento interno de que nós homens somos feitos, e caramba, isso ajuda no amadurecimento e na aceitação de ideias, e foi assim que consegui transformar essa inveja num motivo pra explorar melhor minhas capacidades, e acho que todos os homens deviam fazer isso, não tratando uns aos outros como inimigos, mas se descobrindo e admitindo fazer isso, e acho que isso que faz ele virar o “homão da porra”, ele simplesmente vai e faz com confiança coisas que dariam medo em muitos homens “tricô”, assumir que fazer X ou Y não vai te fazer menos homem em rede nacional faz todo mundo ter mais confiança de si, e quanto as comparações com ele é um pouco injusto mas com o tempo vamos aprender que essa presença ajuda mais do que atrapalha no mundo masculino.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Vinícius Nascimento - Vinni’s story.