Reabilitação, fato ou sonho?

O fato de todos massacrarem os presos com palavras e punições, me instiga muito. Eles tem que pagar pelo erro cometido, mas como você acha que eles podem se reabilitar com um ambiente tenebroso, cercado pelo perigo que é o das prisões? É impossível se recuperar e se reabilitar dos erros cometidos com o auxílio que nossos policiais oferecem.

A má formação durante criança, em ambientes perigosos, pobreza, podem levar ou não levar uma pessoa a cometer crimes. Até mesmo a falta de dinheiro pode fazer com que uma pessoa venha a desejar o roubo.

Nenhum lugar no mundo faz o que deveria ser feito com os condenados. Sei que a primeira coisa que vem a nossa cabeça é que ele é um monstro e que merece morrer, mas temos que ouvir o outro lado da história. Como já falei, há diversos motivos para levar alguém a cometer crimes e eles merecem tratamentos. E há, também, inúmeras maneiras de tentar ‘’transformar’’ uma pessoa: podem haver consultas psicólogas, conversas sobre o porquê de ter feito aquilo, reabilitações mais avançadas e melhor tratamento dos presos. Apresentar aqui ainda, mais dois exemplos de o que fazer para transformar uma pessoa.

As sucessivas mortes de presidiários comprovam tudo o que falei, refente aos presídios. Não é a toa que todos tentam cavar buracos para fugir e cometer mais crimes. O que mais me decepciona na morte dessas pessoas é que ainda há gente que comemora. Como por exemplo com essa campanha de um antigo político o qual não me recordo o nome, mas que dizia: ’’Bandido bom é bandido morto’’. Isso é uma coisa que me intriga, pois há pessoas que falam absurdos enormes sobre casos de presos. Eu luto por uma maior atenção a eles.

Acredito que todos que se empenharem podem ser transformados, pois isso depende apenas de quem será transformado e da pessoa que o irá ajudar a realizar este fato.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.