Resplandecer de um começo!

Abro meus pulmões a um mundo desconhecido no qual tomarei meu primeiro fôlego, venho de além daquilo que penso, pois este não contém o todo do tudo que quero explanar.

Inicio aqui minha abertura de um mundo dentro de dos meus pensamentos, emoções e sentimentos, registrando assim, mesmo que só para mim, minhas palavras que aparecem em momentos oportunos e inoportunos de minha vida, quero relatar não somente estes mas também tudo que deriva-se de minhas experiencias mundanas e superficiais que serão dragadas para um fim incerto do qual não me amedronto.

Desejo que esteja aqui relatado sem discriminação auto-destrutiva de conteúdo tudo que tenho a registrar, abrangendo uma linguagem totalmente inconsequente de regras e modelos, não seguindo padrões éticos ou moralmente construídos, fazendo com que aqueles que leiam apenas o façam por interesse ao que lhes é prestado singularmente em letras e tão obstante diferente de prêmios nobéis de literatura!

Agradeço a tudo que me é posto à criatividade.

Assim nasce esta.