5 CONSEQUÊNCIAS DOLOROSAS DA FALTA DE TEMPO QUE VOCÊ NÃO CONHECIA

A falta de tempo é um fator que afeta e prejudica a vida de muitos profissionais. Normalmente líderes de grandes empresas ou pequenos empresários precisam lidar diariamente com esse problema, e o pouco tempo livre que sobra, acaba sendo preenchido com atividades do trabalho. A falta de tempo tem um impacto profundo na qualidade de vida do indivíduo, pois resultados negativos como estresse, cansaço, falta de produtividade, má alimentação, ausência de exercícios físicos e problemas de relacionamento com amigos, família e cônjuge são comuns e frequentes.

Por outro lado, muitas vezes as pessoas confundem falta de tempo com falta de organização. Por mais que um profissional se mantenha ocupado durante toda a sua jornada de trabalho, ele será improdutivo se não souber fazer um gerenciamento de tarefas efetivo, causando consequências dolorosas para a sua vida, como as descritas abaixo.

Impacto nas atividades do trabalho:
Muitos profissionais sem um bom controle de tarefas se deparam com espaços de tempo livre durante o expediente. Como são pessoas que não se organizam, sentem a necessidade inconsciente de preencher aquele tempo livre com tarefas do trabalho, mesmo que sejam tarefas simples e sem urgência. Algumas pessoas até mesmo utilizam o horário do almoço para ser ocupado com trabalho. Isso gera grande estresse e muito cansaço, já que o indivíduo pensa que nunca tem tempo e tem a sensação de improdutividade.

Impacto na qualidade de vida:
Pessoas com falta de tempo sofrem uma queda muito grande na qualidade de vida. Como estão sempre cheias de trabalho, não tem tempo para se concentrar em questões mais importantes e acabam perdendo o foco, não conseguindo alcançar os resultados esperados. Uma ótima ideia é ter uma administração do tempo eficaz com o objetivo de cumprir tarefas rotineiras com qualidade e tempo hábil, para que o profissional possa recuperar o foco nas questões estratégicas com tranquilidade.

Impacto na saúde física:
A saúde física dos profissionais com falta de tempo é severamente prejudicada. Aspectos como alimentação e prática de exercícios físicos são afetados porque sem tempo, o indivíduo se alimenta de lanches rápidos e nada saudáveis, e também não busca praticar atividade física. A má alimentação aliada ao sedentarismo provoca graves consequências à saúde.

Impacto na saúde mental:
A saúde mental também é muito afetada, pois a pessoa passa a maior parte dos seus dias pensando no trabalho, prejudicando o seu relacionamento com as pessoas ao seu redor, até mesmo com seus colegas de trabalho. Como estão sempre muito atarefadas, deixam de lado a sua vida pessoal, pois não tem tempo para lazer, amigos e familiares. Mas quem mais sofre é o próprio indivíduo, que aos poucos é tomado por pensamentos depressivos e começa a questionar a própria identidade.

Impacto na produtividade:
Apesar de parecer contraditório, a falta de tempo afeta diretamente a produtividade do trabalho de uma pessoa, ou seja, pessoas que trabalham muito e não tem tempo para nada, geralmente não produzem com a qualidade que produziriam se tivessem um controle de tarefa eficaz. O indivíduo realiza uma tarefa rapidamente, no automático, já pensando na próxima e assim por diante, perdendo muito em qualidade de trabalho.

A grande parte do problema de falta de tempo das pessoas está na falta de administração do tempo. Com organização adequada, controle e gestão de tarefas efetivos e dedicação, os profissionais realizarão suas tarefas com mais qualidade, motivação, em tempo hábil e terão um alto ganho de produtividade e qualidade de vida. Para isso existe uma excelente ferramenta, um gerenciador de tarefas online chamado ZPM, que auxilia na gestão e administração de tempo e tarefas.

Acesse: www.zpmtask.com/brasil