5 dicas da Pixar que vão te ajudar a contar melhores histórias

Os filmes da Pixar podem ser animações, mas estão longe de ser produções exclusivas para as crianças. O maior exemplo de um filme que atingiu em cheio os corações das crianças e também dos adultos foi Divertida Mente.

Ao longo da narrativa nos pegamos vivendo cada um daqueles momentos como se fosse nossa própria realidade, juntamente com os personagens sentimos raiva, felicidade e tristeza. Mas qual é, afinal, o truque da Pixar? Como eles conseguem contar histórias tão perfeitas?

Aqui vão alguns passos infalíveis para o sucesso dessas histórias:

1- Perceba as vulnerabilidades do personagem

Geralmente, nos conectamos com um personagem por suas falhas e dificuldades, mais do que pelos sucessos. São os erros que os tornam humanos e muito mais relacionáveis. Dica 1: quando for contar suas histórias, procure as características mais reais e humanas dos seus personagens.

2- Esteja preparado para começar tudo de novo

Às vezes nos preocupamos tanto com o tempo — que está escorrendo por entre os dedos — que esquecemos de avaliar sinceramente: Será que esse é o melhor material que posso produzir? Talvez o caminho seja aproveitar o que fizemos de legal até agora e começar outra vez, agora com mais certeza de onde se quer chegar. Dica 2: esteja sempre pronto para desapegar de uma história se perceber que está indo na direção errada.

3- Simplifique

Quando estamos contando histórias queremos ser o máximo corretos possível, contar tudo nos mínimos detalhes, para que todos possam entender perfeitamente o que queremos dizer. Parece o método perfeito, mas já percebemos — na mesa do bar ou no almoço com a família — que as pessoas não se importam com os detalhes, elas querem saber logo o que aconteceu à seguir. Os melhores contadores de histórias não são os detalhistas, são os que sabem transitar de um pedaço a outro da narrativa com naturalidade, sabem ler no interlocutor o que ele quer saber em seguida. Dica 3: deixe de lado detalhes que podem parecer essenciais se isso significar um maior engajamento de quem vai ouvir.

4- Desafios são grandes aliados de uma boa história

Seja na Bíblia, na série Star Wars ou na Branca de Neve, podemos perceber que o desafio é um elemento essencial da narrativa. Todos os dias passamos por obstáculos que parecem impossíveis de superar, temos medo de não conseguir cumprir com a expectativa que os outros tem de nós, as crises variam de motivo, mas existem em todos os seres humanos. Admiramos aqueles que ultrapassam essas barreiras. Dica 4: lembre-se sempre, o público se identifica com personagens reais, viver e vencer um problema vai torná-lo muito mais humano.

5- Tire o óbvio do caminho

Seu conteúdo só vai chamar a atenção se for único. Com quantidades incontáveis de material disponível online, são poucos os que chamam a atenção do público. Descarte a primeira, a segunda e a terceira ideia, recomece e só pare quando estiver surpreso! Dica 5: se você quer contar uma boa história, mantenha sua audiência sempre na expectativa.

Bônus:

6- Opiniões fortes são mais atrativas

O público vai se envolver mais se o personagem tiver opiniões bem definidas. Ninguém merece aqueles personagens sem sal que não agregam valor a nada. As pessoas podem até discordar de você, mas estarão se envolvendo com a história de qualquer maneira. Dica 6: não tenha medo de colocar juízo de valor na sua história!