O Escolhido Do Dragão: Prólogo

Acordando em um lugar remoto, tudo que me lembro é de minha família ser atacada por um enorme dragão… Acusado de crimes que não cometi fui sentenciado a morte, mas parece que a morte se recusa a me encontrar pessoalmente.”

Meu nome… Não me recordo, sei que comigo jaz um poder mágico oculto, sinto as forças e as vibrações da natureza ao meu redor, os deuses aparentemente não me apadrinharam em vida e a realidade tornou-se nebulosa para mim.

Os outros encarcerados me chamam de Nico, dizem ser uma referência a um antigo deus esquecido, senhor dos ventos, que diz um pouco sobre minha rapidez e perspicácia.

Hoje é dia de minha execução, mas isso não parecer ser ruim, hoje finalmente encontrarei o fim… Ou talvez um novo começo!

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Mr. GeeK’s story.