Na minha cabeça de hoje (nessa metamorfose ambulante que somos, podemos mudar amanhã), acho justo o…
Flávio Furlan
11

Sim e nesse ponto acho que o construtor esta perfeito, não faz sentido nenhum um retorno. Claro que já já o Adriano Campanhola aparece e vai comparar o construtor com um método funcional, onde o retorno seria o objeto. E ai vou ter que pensar sobre o que falar… kkkk

Like what you read? Give Erick Carvalho a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.