Vasco tem pior ataque na história dos Pontos Corridos

Após a derrota por 3 a 0 para o Goiás, no Serra Dourada, na 20ª rodada do Brasileirão. O Vasco ficou a nove pontos do primeiro time fora da zona do descenso e caminha a passos largos para seu terceiro rebaixamento em 10 anos.

Os números mostram que as chances de permanecer na elite do futebol nacional são pequenas. O Vasco tem o pior ataque da história da competição. Foram oito gols em vinte rodadas. Em 2010, o Náutico fez dez gols no mesmo número de rodadas.

O respeito voltou? Vasco de Eurico Miranda foi campeão carioca, mas bate todos os recordes negativos no Brasileirão de 2015.

No sistema defensivo não é diferente, o Vasco já sofreu trinta e quatro gols e tem saldo de menos vinte e seis. A equipe da colina só é superada pela campanha do América-RN, em 2007, quando o clube tinha saldo menos vinte e oito após sofrer quarenta e quatro gols.

Piorando a situação, a equipe do técnico Jorginho precisa fazer mais trinta e dois pontos para chegar aos "salvadores" quarenta e cinco. Isso resulta em um aproveitamento de 60% nos próximos dezoito jogos.

Lanternas do Brasileirão na 20ª rodada:

2006: Santa Cruz/PE — 18 pontos, 4 vitórias, 6 empates e 10 derrotas. 23 gols marcados, 35 sofridos e saldo -12. Rebaixado.

2007: América/RN — 10 pontos, 3 vitórias, 1 empate e 16 derrotas. 16 gols marcados, 44 sofridos e saldo -28. Rebaixado.

2008: Ipatinga — 16 pontos, 4 vitórias, 4 empates e 12 derrotas. 20 gols marcados, 39 sofridos e saldo -19. Rebaixado.

2009: Sport — 13 pontos, 3 vitórias, 4 empates e 13 derrotas. 25 gols marcados, 39 sofridos e saldo -14. Rebaixado.

2010: Goiás — 16 pontos, 4 vitórias, 4 empates e 12 derrotas. 19 gols marcados, 38 sofridos e saldo -19. Rebaixado.

2011: América/MG — 14 pontos, 2 vitórias, 8 empates e 10 derrotas. 22 gols marcados, 37 sofridos e saldo -15. Rebaixado.

2012: Figueirense — 14 pontos, 3 vitórias, 5 empates e 12 derrotas. 20 gols marcados, 36 sofridos e saldo -16. Rebaixado.

2013: Náutico — 10 pontos, 2 vitórias, 4 empates e 14 derrotas. 10 gols marcados, 35 sofridos e saldo -25. Rebaixado.

2014: Bahia — 17 pontos, 3 vitórias, 8 empates e 9 derrotas. 12 gols marcados, 19 sofridos e saldo -7. Rebaixado.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Gabriel Corrêa’s story.