PythonBrasil [14] — Tecnologia, diversidade & pertencimento

Um pouco atrasada, cá estou eu para falar um pouco do que foi essa última PythonBrasil pra mim. Essa foi a minha terceira PyBR e a cada ano tenho uma experiência diferente porém igualmente marcante. Não podia ser diferente agora.

Essa PythonBrasil foi em Natal, no Rio Grande do Norte. Ela começou diferente porque tivemos a primeira Pyladies BR Conf, comemorando 5 anos de Pyladies Brasil, e lá falei um pouco sobre como não ter medo de levar código pra produção —com processos automatizados, containers, métricas e tudo mais. Dá pra ver os slides aqui.

Pyladies BR Conf [1] — Natal, RN, 2018

Tenho um grande orgulho de fazer parte do Pyladies, de estar nessa conferência, de ver meninas e mulheres trocando experiência em um ambiente aonde se sentem acolhidas e confiantes.

Logo depois, rolou o Django Girls clássico que tem em toda PythonBrasil. Acho que foi meu quinto Django Girls como treinadora. Toda vez é uma montanha russa, com problemas novos, experiências novas e principalmente, pessoas únicas e excepcionais.

Na Python Brasil, falei sobre microserviços (slides aqui) e sobre as conquistas do Pyladies Brasil (aqui).

Python Brasil [14] — Natal, RN, 2018

As palestras de tecnologia que assisti foram muito boas. Mas as de iniciativas como o AfroPython (apresentada pelo Felipe de Morais), os keynotes da Daniela Petruzalek, da Betina Costa, da Judite Cypreste e a palestra da Andreza Rocha foram impressionantes. Essas são as palestras que me ensinam mais do que apenas um framework, uma tecnologia nova. São as palestras que me tornam uma pessoa melhor. Todas elas vão estar disponíveis aqui, em algum momento, depois de algum esforço da comunidade, e devem surgir vídeos em algum momento também.

E pra finalizar, fui uma das pessoas convidadas a falar no Conexão Anitas na Estrada no domingo, aonde pude falar um pouco do meu background e da experiência de liderar um time de tecnologia. O papo foi curto porque, obviamente, tinha hora pra começar o karaokê no bar.

A PythonBrasil é um evento que é muito mais do que um evento de tecnologia. É um evento de pessoas. Aonde eu tive a oportunidade de conhecer e rever pessoas maravilhosas que moram no meu coração. Que me dão a força que eu preciso, exatamente no momento em que eu preciso. Pessoas espalhadas pelo Brasil, que estão a quilômetros de distância. Algumas delas, independente de quanto tempo a gente fique sem se ver ou se falar, eu sei que vão estar ali. Pessoas que fazem a diferença em suas comunidades locais e mulheres que lutam diariamente pra ocupar os espaços que ocupam.

ó os sorrisos
só gente bonita
E as Pyladies no evento só aumentam! Resultado de MUITO trabalho e esforço de cinco anos de Pyladies Brasil.