Eu sou apenas uma menina.

Menina que sonha em encontrar o amor de sua vida em uma tarde ensolarada.

Menina que acorda na esperança que o dia seja incrível, para que ela consiga superar as feridas adquiridas no dia anterior.

Menina que vive cada segundo com medo não aproveitar o verdadeiro sentido da vida.

Eu sempre serei uma menina.

Que vai viver em função de quem ama até o fim de sua vida.

-Bon.

Like what you read? Give Letícia Bon a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.