Vou falar com toda a sinceridade aqui. Grande parte da minha vida escolar foi um tremendo soco na minha autoestima. Eu lembro até hoje que toda vez que não pegávamos recuperação em nenhuma matéria recebíamos um certificado e um bombom. Chegou um momento que não pegar recuperação em matemática, química e física era terrivelmente difícil. E era horrível para mim quando recebíamos o boletim e todo mundo fiava comparando as notas dos outros. Tirar menos que 7 (a média), era motivo de muito constrangimento. Eu me sentia mal, como se aquilo fosse definir todo o meu futuro. E eu não me motivava a estudar essas matérias de jeito nenhum (ainda bem que precisei só até o vestibular). Não quero colocar a culpa nos professores que tive, como muitos fazem. O problema da educação é muito maior, o sistema tradicional não está mais funcionando, é preciso mais inclusão. Há pessoas que têm mais dificuldades para absorver certos conteúdos, e precisamos respeitar esses estudantes, sem que eles se sintam mal por não conseguirem atingir todos os resultados esperados. Professores, continuem firmes nessa luta por uma educação mais digna, espero que cumpram o objetivo de despertar seus alunos a se motivarem a aprender.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Cora Zordan’s story.