A palavra salva e condena

—No filme Clube da Luta Brad Pitt é o demônio que se apresenta como líder dos lutadores. Em uma determinada cena passa uma lição de casa para seus seguidores: todos devem arrumar uma briga e perdê-la de propósito. Assim, atrairiam outras almas perdidas para o culto da autodestruição. E sabem com quem é a briga mostrada na cena seguinte?! É com um padre, um homem do Deus! Clara referência a batalha do bem contra o mal!

Alguns fiéis assentiam com a cabeça e soltavam “aleluias”. No altar o profeta Alcides pega a sua bíblia.

— Está escrito em Timóteo, capitulo 4, versículo 4:

Eles se recusarão a dar ouvidos à verdade, voltando-se para os mitos.

— Quem são os mitos? Os personagens de Cinema. Prosseguindo:

Você, porém, seja moderado em tudo, suporte os sofrimentos, faça a obra de um evangelista, cumpra plenamente o seu ministério.

— Seguindo o que diz a bíblia, essa semana todos devemos evangelizar alguém! Vamos salvar uma alma em nome do senhor! Não tenham vergonha da nossa fé, o diabo não tem NENHUMA em espalhar o mal!


Sentado no banco de idosos na frente do ônibus, Pedro relê os trechos da bíblia utilizados pelo profeta Alcides. Surgem algumas dúvidas.

Por que perder uma briga é um ação do demônio? E o personagem principal do filme? O trabalho dele é calcular se é mais barato a montadora de automóveis convocar um recall ou pagar as indenizações por futuros acidentes fatais. Isso sim é um oficio do demônio.

Um casal de idosos entrou, Pedro cedeu o lugar e foi para a parte de trás do ônibus. Quando passou a catraca viu uma mulher lendo o livro Clube da Luta. Pedro sentou-se do lado da mulher e puxou assunto.

— Você gosta de ler?

— Sim, leio todos os dias.

— Eu sempre leio a bíblia. — mostrou a bíblia em suas mãos.

A mulher suspirou. — É um bom livro.

— Qual o seu nome?

— Flávia.

— Eu me chamo Pedro. Flávia, hoje no culto o profeta Alcides falou sobre essa história do Clube da…

— Há uns 5 minutos eu estava tendo uma conversa parecida com uma passageira. Ficou falando durante uma eternidade sobre deus, diabo e do Clube da Luta. Dizia que eu precisava ser salva, que se continuasse lendo esses livros ao invés da bíblia, eu seria condenada ao sofrimento eterno. Por educação me mantive calada. Mas quando ela desceu me arrependi de não ter dito tudo o que eu pensava. E agora você se senta aqui e a conversa se repete. Então é…

— …um sinal? Será que…

— …uma oportunidade de desabafar. Eu deveria ter dito para a passageira que a fé em deus pode ter um fim melancólico. Talvez quando estivermos morrendo, durante os últimos segundos, de alguma forma, vejamos claramente que não há vida após a morte. Que a eternidade é uma falsa promessa criada para iludir e dar algum sentido a nossa existência. Então seríamos tomados pela liberdade. Calcularíamos o que poderíamos ter feito com 10% dos nossos salários. Sentiríamos o gosto da carne mal passada não comida na sexta feira santa. Viajaríamos com o efeito de todas as drogas não consumidas. Teríamos orgasmos múltiplos simultâneos para todas as vezes que não nos entregamos aos desejos carnais. Tudo seria ausência das experiências, não haveria prazer. E com nossas últimas forças tentaríamos soltar um palavrão do caralho!

Pedro sem mover um músculo se via confrontado pelo demônio. Flávia parou por um instante recebendo as ondas de choque das suas palavras. Sorriu e desviou o olhar.

— Vejo que o universo da eventualidade conspirou para que você viesse falar comigo! Obrigado acaso! Me sinto até leve!

Flávia olhando pela janela foi se levantando. — Olha querido, meu ponto chegou, vou indo. Fica com Zeus! Axé!


Pouco tempo depois Pedro chegou em sua casa. Orou pela Flávia sem conseguir nomear qual pecado fora cometido. Pegou a bíblia e a cópia do Clube da Luta. Inseriu o blu-ray no aparelho.

O que o profeta disse mesmo? “Eles se recusarão a dar ouvidos à verdade, voltando-se para os mitos.” O mito seria o personagem ou o ator Brad Pitt? Jesus, de certa forma, não se transformou em um mito?

Derrotado sem respostas, Pedro fez um lanche e se deitou. Em poucos minutos adormeceu. Porém, no segundo antes de pegar no sono, seu último pensamento foi:

E se a Flávia estiver certa?