Texto Bom/Texto Ruim.
Vinícius Nascimento(Vinni)
463

Tenho a mesma situação. Acho que escrever bem e tocar os outros é diferente de falar profundamente consigo, geralmente os textos que eu acho fodasticos. Raramente eles coincidem e por isso a surpresa de textos que eu achava bobo terem muita aceitação e comentários, enquanto outros mais intensos serem recebidos friamente. Estes últimos eu releio sempre e fazem parte de minha história, os primeiros, devo deixar na gaveta dos poemas esquecidos.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.