Como “Ler Mentes”

O trabalho não é psíquico e sim observativo: olhares, gestos, batimentos cardíacos por excitação e a equalização desses caráteres darão apenas uma resposta… Impossível de errar.

Por isso que jogadores de poker tendem a ter menos expressões, ou apenas uma expressão — corporal e energética além da facial – decorada para “atuar” o tempo inteiro durante um jogo.

Energias podem ser sentidas, principalmente quando há algum tipo de “competição”, o que na verdade a “vítima” ou a entrevistada sempre tende a levar como uma... Digamos “pense em um numero” e a pessoa pensa.. Nesse momento ela passou por apenas duas etapas: Pensar no numero – o que normalmente pra quem está lendo este texto seria o 3 (vou explicar como eu sei) – logo depois ela confirmaria pra si mesma, e é nessa hora que a pessoa confirma pra a “psiquica” que estaria “lendo sua mente” COM GESTOS, OLHAR, BATIMENTO CARDÍACO, NIVEL DE EXCITAÇÃO, ETC..

Primeiro: Os números são absorvidos no corpo humano, na fala e história como uma sequencia hierárquica, como valores, principalmente quando a escolha é de 0 a 10, as pessoas tendem a escolher números abaixo de 7 pois se sentem menos pretenciosos e “escondidos”, com mais chances de “enganar” a “magica”. O número nunca é 8, apenas se for em espaços muito lotados de pessoas, pode ser o 9 em circustâncias de ambiente cheio de pessoas e barulho, porém agradável… O 3 é conduzido na maioria das vezes em situações “íntimas” e seguras.. Principalmente na leituta de um texto, em que seu cérebro passa por 3 etapas: Captação da visao, leitura, e processamento das palavras.

É quase como aquela coisa meia infantil de lidar, sabe como crianças aprendem a contar? Nos dedos, e tudo isso gera uma expressão facial, um excitamento de acordo com o AVANÇO dos números. É uma questão de ABSORÇÃO dessas expressões que lhe dá o “poder” de leitura, não de mentes, mas SOCIAL. e energetico. O calor humano também é sentido, aquela pessoa que está mais energetica, mesmo que não tenhas o sentido da visão, pode sentir uma presença e calor mais presenciais… O ser humano é feito para entender a si mesmo. É como saber quando um animal selvagem está calmo, doente, nervoso ou furioso. São expressoes, e no ser humano essas expressões são ainda mais “coloridas”, com mais faces, e essa é que é a parte divertida.

Se você prestar atenção a uma criança aprendendo a contar certamente vê as expressões aumentando pois a concentração aumenta, mais energia é gasta pra entender que depois do um vem o dois, e depois do dois vem o três — que veio depois do dois e do um. Já é um trabalho grande e você já vê a criança se embaralhando com os dedinhos, e os olhos curiosos super ativos e depois ja começam a se perder após o 3 e vira uma forma muito hierarquica e decorativa. Logo, os numeros depois do 3 dão um ar de “donos” sobre a pessoa, gera um sentimento de “submissão”, e faz com que a pessoa esteja “a baixo” dos números, como se o 4 mandasse em você, e quanto maior mais subalterna voce se sente, até que o 10 é o “rei” dos números.. É a nota máxima na escola, se você tira 9 você não tirou 10 na prova, você ainda tem que se esforçar mais, se tirou 3 nem irá mostrar pra ninguém por vergonha, e se tiver que mentir dirá que tirou 7 pois é a base um numero sem graça, que já diz para “me deixar em paz” e nunca perguntar sobre minhas notas.. São pensamentos normais porém pouco observados, essas formas de pensamento estão ligados à maioria da população com acesso à informaçoes QUE VÃO ATÉ ELES, como a TV Globo e etc.. e não à publicos reservados, com estudos avançados e ligações culturais. Mas todas as “formas de educaçao” tem suas respectivas energias. E também não mentem.

  1. Leia o nível de educação e conhecimento da pessoa.

Pelas roupas, tendencias de moda e de onde ela tirou aquele estilo…

O olhar, se é calmo, antiquado, excitado, nervoso, medtoso triste, sublterno ou hierárquico.

Tudo isso tem somas e resultados.

E isso lhe dará o dia-a-dia da pessoa, ela pode estar sempre em casa se tiver vestida bem, sem pastas de trabalho ou bolsas de escola… Já lhe diz que ela tem tempo, mas apenas se ela estiver calma, pois se estiver apressada pode significar que está indo à uma consulta médica e passou rápido em casa para se trocar, ou está de folga do trabalho caso esteja relaxada e com olhar “bobo”, meio aérea.. Pois todas essas expressões geram rótulos na sua cabeça inconscientemete… A prova disso é o mal tratamento que as pessoas tem com moradores de rua.. Eu sou uma excessão pois sei que ser humano é ser humano, então todos tem a mesma capacidade mental.

E tudo isso tem uso na sua capacidade de EMPATIA. De se colocar no lugar da pessoa e dizer “o que eu pensaria?”. E essa empatia vira a base pra poder lidar com o resto das informaçoes que são lhe dadas visualmente, energeticamente e ao longo da conversa.

Obrigada

Alamda.