O último voo de Ícaro


A queda de Ícaro — Rumen Spasov

Te alcancei não com asas de cera, mas num salto de fé.

Toquei tua superfície com a ponta de meus dedos. Senti teu calor. Ceguei-me.

E, enquanto despencava rumo à escuridão do abismo,

eu sorri

lembrando-me do labirinto que deixara para trás.