estamos correndo com tesouras na mão e isso não é ruim

Somos crianças correndo com tesouras na mão e não sabemos o que estamos fazendo.

Um amigo me disse isso mês passado. Mas, por mais que esta expressão seja para falar de algo ruim, ele disse em um contexto bom. tinha algo a ver com se arriscar.

Hoje em dia ninguém se arrisca mais. É um fato. Todo mundo joga no modo fácil, só pela segurança. Mas a segurança é algo bom?

Quanto a gente não perde da vida por jogar no seguro? Quanto a gente não perde da vida tentando controlar tudo e todos ao nosso redor? O que aconteceu com todos aqueles jovens cheios de sonhos e prontos a pegarem fogo?

Precisamos começar urgentemente e não nos contentarmos com a mediocridade. A vida é bem mais que uma carreira brilhante naquela empresa. Precisamos começar a enxergar os sinais de que há mais do que a rotina ao nosso redor. Precisamos urgentemente enxergar a magia que acontece todos os dias.

Correr com uma tesoura na mão pode te machucar? Bem, pode sim. Mas a emoção vale a pena. Confia em mim. Ela nos lembra que estamos vivos.

Ps.: Eu nunca consegui jogar no modo seguro.

Like what you read? Give Cecília Levenstein a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.