Comportamento do cliente: o poder da embalagem e a Fanta “brasileira”

Cerca de 60% dos consumidores brasileiros acham a embalagem mais importante que a marca nela contida. Esse é um dado da pesquisa Packaging Matters, da MeadWestvaco Corporation (MWV). As avaliações dos consumidores comprovam o poder da embalagem em uma venda e como o design pode interferir no comportamento das pessoas.

A pesquisa foi feita não apenas no Brasil. China, Alemanha, Índia, Japão, Rússia, África do Sul, Turquia, Reino Unido e Estados Unidos também forneceram uma perspectiva aprofundada do papel das embalagens para o consumidor mundial e, mais que isso, como elas estão relacionadas com a satisfação do cliente.

Os avaliados passaram por um processo chamado de “Experimentação, Recompra ou Troca” em que consumiam um novo produto para responder sobre sua satisfação:

  • 79% experimentaram um novo produto porque a embalagem chamou sua atenção na prateleira;
  • 53% compraram novamente o produto por considerarem a embalagem ainda atrativa;
  • 46% trocaram de marca por relatarem experiências negativas com uma nova embalagem.

A Fanta “brasileira”

A Fanta não para de inovar! Pensando sempre na satisfação dos consumidores e no impacto que os lançamentos causam no mercado, ela resolveu aumentar a família e, consequentemente, seu espaço nas prateleiras. Além da Fanta Laranja e da Uva, a marca tem agora o sabor Guaraná.

Para agradar os brasileiros, a bebida vem em embalagem verde, com pouca referência ao laranja da marca. A fruta guaraná é identificada no layout assim como a informação de que a bebida é o primeiro refrigerante com certificação 100% do Amazonas.

Vale lembrar que a Fanta é a segunda maior marca da Coca-Cola Brasil, que tem em seu portfólio outros guaranás: o Kuat, mais conhecido, e os regionais Taí, Simba, Charrua, Tuchaua — versões claro e escuro — e o Guaraná Jesus, que é uma famosa bebida rosa do Maranhão.

A Fanta Guaraná chegou às gôndolas no dia 15 de junho nas versões original e zero açúcar.