A questão é simples e já abordei em outros momentos: existem dois lados no mercado web: ou você est…
Diego Eis
31

É. Acontece que agora, o design, atualmente, é praticamente totalmente código, ou pode ser…. E o que temos visto, falando de mercado, são templates, como foi dito, antes, os designers faziam os sites, hoje eles compram pronto ou baixam grátis.. De uns anos pra ca, eu que era do lado de lá, (do código), tenho tido pouca dificuldade relacionada com o design, que antes, era impossivel pra mim. Eu nunca mexi em photoshop, e ja rabiscava algum codigo na decada passada, sem photoshop nao saia um produto final. Hoje meu amigo, o que me importa mais é o que a aplicação é capaz de fazer, quanto mais complexo, mais divertido. E quanto funcional é. Quanto funcional, do ponto de vista, do que será alcançado, de quanto esforço deverá ser feito pra fazer as operações, e como que isso tudo pode trazer resultados, de acordo com as necessidades e objetivos… As vezes ignoro o design, completamente, mas consigo fazer. O problemaaaaaaaaaa é que do outro “lado” não é bem assim que acontece. Designer além de não entender as necessidades do programador, quer achar que faz o trabalho dele. Dai tá lá o formulario que nao processa, cadastro que nao converte, site que nao vende, etc. Assim como tá lá o usuario, cliente, querendo poder usar alguma coisa pra alguma coisa, mas isso é impossível.. Então “desenvolvimento” é design, tambem, precisa de ser um trabalho conjunto .. Mas convenhamos, nada nesse contexto é mais importante que o código . Nem mesmo o dinheiro do investidor .. :)

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.