Em 3 meses vereadores de Bataguassu gastaram quase 100 mil reais em diárias

Os onze vereadores de Bataguassu, na região Leste do Mato Grosso do Sul, gastaram mais de R$ 91 mil em diárias em apenas três meses, segundo dados encontrados no portal da transparência da Casa.

O campeão de gastos com diárias de fevereiro a abril deste ano foi o Presidente da Câmara vereador Celso Magalhães (PDT), que usou R$ 13.092,305. O segundo maior uso de diárias coube ao vereador e vice-presidente da casa Mauricio do XV (PP), R$ 11.587,45, e o terceiro, ao 1º secretário Marcio da Farmácia (PTB), R$ 11.578,65.

O gasto com diárias mais econômico do trimestre foi o do vereador Reginaldo Banha (PMDB), que fez uso da verba uma única vez, tendo gasto no total R$ 836,40.

Também teve gasto bem menor, a vereadora Eliane Oliveira (PSDB), R$ 3.537,10, as despesas dos demais vereadores variaram entre R$ 7.500,00 a R$ 10.800,00.

As diárias cobrem despesas com viagens dos vereadores para outras localidades a serviços da Câmara. Quando a distancia do destino é superior a 330 km da sede do município o valor pago a titulo de diária para cada vereador é de R$ 1.463,70. No portal da transparência as maiorias das viagens foram para a capital do Estado, Campo Grande e para a capital Federal Brasília. Os gastos não são ilegais desde que sejam justificados.

Veja o dinheiro gasto com diárias por cada vereador entre fevereiro a abril desse ano.

Celso Magalhães (PDT): R$ 13.092,35

Mauricio do XV (PP): R$ 11.587,45

Márcio da Farmácia (PTB): R$ 11.578,65

Neto do Jô (PMDB): R$ 10.846,80

Enivaldo Vieira (PSDB): R$ 9.182,80

João Carlos Kotai (PT): R$ 8.337,60

Maria Pereira (PT): R$ 7.928,20

Regina do Vale (PSDB): R$ 7.510,70

Zé da Água (PPS): R$ 7.510,00

Eliane de Oliveira (PSDB): R$ 3.537,10

Reginaldo Banha (PMDB): R$ 836,40

Vereadores em viagem recente à Brasilia.
One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.