Contabilidade

[Para Eduardo]


Seis meses.
Meio ano... [7,2 por cento de uma década!]
Mas os números são apêndices 
e se entrelaçam ao tempo
que é nosso...

À hora do mergulho infinito,
Ao choro feliz, divino grito.

É quando a cronologia é mera observadora:

Vive pelos cantos, à míngua
Sucumbida pelo tanto,
o superlativo absoluto
de sermos nós mesmos,
a esmo,
congruentes,
eternamente inocentes,
antíteses da objetividade cruel.

Se o tempo é relativo, aqui
dentro de mim és o Céu!

A.E

Te amo!