Setembro

Setembro é o nono mês do ano e traz o equinócio, o que significa que o outono irá começar no Hemisfério Norte e primavera no Hemisfério Sul, mas não hoje. O óbvio (e por algum motivo costumamos ignorar), é que aqui, no país tropical, setembro é bem menos primavera que inverno. Como prova disto, setembro, em seu primeiro dia, irá chover.

É possível que ouçamos o som das andorinhas de setembro, na satisfação de que não serão andorinhas de agosto — as de desgosto. É possível que nossa espécie ainda não tenha evoluído à condição de enxergar um palmo à frente do próprio rosto. Com isso, a preciação às peculiaridades dos meses.

Repare que setembro, por si só, não será primavera. Não que devamos ignorar as explicações científicas acerca dos movimentos terrestres, mas, se tratando do Nordeste brasileiro, a primavera é um fenômeno bem mais psicológico que setembro. É que este é o mês que dá fim às questões indisolúveis de agosto. Enfim, chegamos ao fim do terceiro trimestre.

Seu café de setembro é melhor que o café de agosto?

Eu prefiro o setembro do meu aniversário. Lá se vão quase três décadas de primaveras, mas digo: nasci no inverno. No mais, é calor aqui —como o resto do ano.

Setembro são os sete meses desde que o sol me secou por dentro. Ainda espero a chuva para recomeçar. Já é setembro. Faltam 22 dias para tratar tristezas com flores, 30 dias para o fim do mês e quatro meses para o fim do ano e, então, um ano a menos para a chegada do fim.

Quem sabe, no dia 22 de setembro, eu possa falar sobre florescimento.

Like what you read? Give A Esmo a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.