Como foi o primeiro GaroaQA na Cidade Maravilhosa

No dia 16 de Outubro aconteceu mais uma edição do GaroaQA, desta vez na cidade Maravilhosa. Com muito orgulho que conseguimos fazer nossa primeira edição aqui, a primeira de muitas.

O GaroaQA foi organizado por mim, Katiana Maia e pelo Silas Marques. Fomos muito bem recebidos pelos Hosts da Everis: Nickson e Cristiano, além do Pedro Ajala e o Bruno Oliveira que foram muito atenciosos com todos. Inclusive já participaram de alguns Garoas em SP, muito bacana porque nos ajudaram com o nosso primeiro Garoa.

Começamos com um Coffee Break super caprichado pra esquentar a noite.

Em seguida iniciamos os trabalhos compartilhando a nossa alegria de ter trazido o GaroaQA para a cidade Maravilhosa, explicamos como o Garoa funcionava e todos também se apresentaram. Foi incrível saber que muitos ali tinham muito mais que 7–8 anos de experiência com testes, a certeza que a nossa noite ia ser muito rica.

Começamos com todos escrevendo o que mais gostariam de discutir naquela noite. Cada um poderia escolher até 3 temas.

Os temas levantados foram:

  • Dá pra não testar em UI?
  • QA + DevOps
  • Teste automático de chatbots
  • Integração contínua
  • Automação
  • Automação com Java ou C#?
  • TDD ou BDD?
  • Teste automático de API
  • Documentação viva
  • Fim do reinado do Selenium
  • Testes manuais vão acabar?
  • Testes em web responsivo
  • Tendência de mercado para testes
  • Desafio de implantar qualidade em uma empresa
  • QA/Testes pareando com área de negócio
  • Estórias “liberadas” para QA no fim da sprint

Depois que os temas são levantados eles são agrupados pelos nossos Garoas em categorias:

Automação:

  • Fim do reinado do Selenium
  • Automação com Java ou C#?
  • Teste automático de API
  • Testes em web responsivo

Estratégias de teste:

  • Dá pra não testar em UI?
  • Tendência de mercado para testes
  • Testes manuais vão acabar?
  • TDD ou BDD?

Documentação:

  • Estórias “liberadas” para QA no fim da sprint
  • QA/Testes pareando com área de negócio
  • Documentação viva

DevOps

Em seguida cada um teve o direito de votar em uma categoria para decidirmos os assuntos que serão discutidos na noite. A categoria que ganhou disparada foi automação. Em seguida tivemos Estratégias de Testes e Documentação.

Geralmente o Garoa funciona com a divisão em grupos e 1 mediador para cada grupo para concatenar os assuntos discutidos e dividir com os outros grupos. 20 minutos de discussão e 10 de concatenação. Acontece que naquela noite tínhamos um grupo pequeno de pessoas (sabe como é, depois de um feriado prolongado) e então todos acharam melhor formar uma roda de conversa única.

Ok, saímos um pouco das regras, mas valeu a pena, foi fantástico!

E o primeiro assunto escolhido para iniciar na roda foi: Fim do reinado do Selenium

Os velhos problemas do Selenium foram discutidos com diversos sentimentos, raiva, amor, é assim mesmo, etc. Testes quebrados e falta de confiabilidade nos testes faz com que a equipe abandone os testes.

Outros frameworks foram citados e defendidos como Cypress e o TestCafe, como alternativa válida ao Selenium. Foi citado o cuidado que devemos ter em escolher um framework para testar.

Foi discutido também quantos frameworks usam o Selenium como motor: Protractor, CodedUI, etc.

Chegamos a conclusão que o reinado do Selenium não está próximo ao fim mas existem outras alternativas muito boas ao Selenium e que devem ser levadas em consideração na hora de montar sua estratégia de testes no projeto.

Outro assunto que puxamos para a roda: Automação com Java ou C#?

Já sabemos que esse assunto rende muito, não foi diferente no Garoa mas tivemos pontos bem interessantes.

O primeiro ponto mencionado foi se adequar a Stack do projeto. Usar a mesma linguagem dos desenvolvedores aproxima mais o time na troca de experiências, se surgir alguma dúvida sobre a linguagem tem os devs para ajudar. Disseminar a cultura de teste dentro do time, ajuda na aproximação dos desenvolvedores. Outro ponto interessante mencionado é que apesar do código do teste não ser um código de desenvolvimento da aplicação, merece também usar Clean Code como uma boa prática.

O último assunto da roda foi: Teste automático de API, o Teste em Camadas.

E como toda boa roda de conversa sobre testes, a pirâmide de testes foi mencionada. A camada de serviço foi amplamente discutida como parte da estratégia de testes, como ter feedback mais rápido, entrega e gerar valor para o cliente mais rápido. A melhor estratégia de testes que foi discutida é a conversa inicial com o time para discutir como serão realizados os testes da entrega e em que níveis/porcentagens eles serão cobertos. Isso garante que os testes que serão executados no nível unitário, não sejam repetidos em outras camadas, diminuindo significativamente a duplicação de testes desnecessariamente. Basicamente a estratégia de testes é montada com a descoberta do que gera mais valor para o cliente e em conjunto com a equipe o QA ajudar a equipe a dividir os testes nas camadas.

A Everis presenteou os nossos Garoas com brindes no final do evento. Cada um ganhou um brinde a sua escolha.

A nossa conversa estava tão boa, mas tão boa que conversamos por 57 minutos sobre a Categoria Automação, permeamos também por Estratégias de Teste e a Documentação ficou para uma próxima roda de conversa.

Durante a conversa, foram mencionados dois temas que são bem recorrentes em qualquer roda de conversa sobre testes: A dificuldade que o QA pode ter em fazer parte de uma equipe de desenvolvimento, ser reconhecido pelo time. Outro tema foi sobre a formação de times, como fazer integração entre esses membros, que o Agile Coach seria a pessoa que poderia ajudar na mediação para melhor a comunicação desse time.

É isso! Nosso primeiro GaroaQA foi incrível! Obrigada a Everis pela recepção e aos Garoas que foram no nosso primeiro encontro. Rumo aos próximos! Esperamos vocês.

Venha fazer parte do nosso GaroaQA na Cidade Maravilhosa! Clique aqui.

Leve o GaroaQA para a sua empresa também:

O GaroaQA é um evento gratuito, nosso foco é ajudar pessoas a se desenvolverem. Sua empresa tem um espaço para 25 ou mais pessoas, pode nos oferecer um coffe break, post-its e canetas para o nosso evento, entre em contato através do e-mail contato.garoaqa@gmail.com. Procuramos empresas que queiram agregar a comunidade de testes.